EnglishPortuguese
  • Av. do Brasil 53, 1749-002 Lisboa
  • +351915780796
  • +351915780796
  • secretariado@apah.pt

Tag Archives: Administrador Hospitalar

Marta Temido é a nova Ministra da Saúde, substituindo Adalberto Campos Fernandes

O instrumento mais importante para a definição de políticas públicas é o orçamento de estado. Infelizmente, temos verificado uma sub-orçamentação e falta de investimento no Serviço Nacional de Saúde com reflexo na qualidade de cuidados de saúde prestados aos doentes e nos níveis de satisfação dos profissionais de saúde.

Numa altura em que o orçamento da saúde para o último ano da legislatura está definido, a cessação de funções do Prof. Doutor Adalberto Campos Fernandes apanhou o setor de surpresa. Apesar da alteração da composição dos membros do governo na área da saúde, esperamos que os importantes compromissos assumidos publicamente para 2019 sejam mantidos, nomeadamente:

  • Aumento do orçamento do Serviço Nacional de Saúde em termos absolutos e em percentagem do PIB;
  • Aumento substantivo dos níveis de investimento do Serviço Nacional de Saúde;
  • Profissionalização e responsabilização do exercício de funções de gestão, incluindo a revisão da carreira de administração hospitalar e a aplicação de contratos de gestão;
  • Aplicação dos Planos de Atividades e Orçamento com autonomia gestionária alargada em termos de gestão de recursos humanos, aquisição de bens e serviços e investimento, em pelo menos um quarto dos hospitais do setor empresarial do estado.

Os desafios do sistema de saúde, particularmente do Serviço Nacional de Saúde, não se esgotam nestes compromissos e será necessário ir mais além para garantir o desenvolvimento de cuidados centrados nos portugueses, com os melhores resultados, melhor satisfação e menor desperdício possível.

Como não poderia deixar de ser, a Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) é um parceiro atento na identificação dos principais obstáculos operacionais que afetam o SNS e na apresentação de possíveis soluções que permitam melhorar e evoluir o modelo de prestação de cuidados de saúde. 

Ao Prof. Doutor Adalberto Campos Fernandes, ao Prof. Doutor Fernando Araújo e à Dra, Rosa Matos fica o agradecimento pelo desempenho de funções num enquadramento particularmente difícil. Mesmo neste contexto ficam medidas corajosas, como por exemplo na área das políticas públicas para os estilos de vida saudável, o início da liberdade de escolha entre as unidades de saúde do SNS e o maior exercício de transparência de dados relativos às instituições de saúde.

A APAH não pode deixar de se congratular pela nomeação da Prof. Doutora Marta Temido para Ministra da Saúde, administradora hospitalar e Presidente desta associação entre 2013 e 2016. Sabemos que, como no passado, exercerá funções com total empenho, isenção e no melhor interesse público. 

A toda a nova equipa do Ministério da Saúde, votos das maiores felicidades. O seu sucesso é medido pela introdução de reformas que permitam a melhoria do estado de saúde dos Portugueses.

Nogueira da Rocha distinguido com medalha de ouro do Ministério da Saúde

No passado dia 26 de maio, durante as VII Jornadas da Associação Portuguesa de Hotelaria Hospitalar (APHH), José Joaquim Nogueira da Rocha recebeu a Medalha de Serviços Distintos – Grau Ouro do Ministério da Saúde «pela importância que detém na construção do Serviço Nacional de Saúde, tanto no plano académico, como no âmbito da organização e gestão da rede de prestação de cuidados». Esta distinção foi entregue pelas mãos da Secretária de Estado da Saúde, Rosa Valente de Matos.

Nesta cerimónia de homenagem organizada pela APHH, estiveram também presentes o ex-ministro da Saúde António Correia de Campos que descreveu o percurso pessoal e profissional de José Nogueira da Rocha. A APHH atribuiu ainda o título de sócio honorário a José Nogueira da Rocha. A Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares esteve representada por Delfim Rodrigues.

 

José Nogueira da Rocha

É atualmente Provedor do Associado e do Cliente do Serviço de Utilização Comum dos Hospitais  (SUCH) e ao longo da sua carreira desempenhou altos cargos na Administração Pública: Administrador-Geral dos Hospitais Civis de Lisboa (1968-1978), Diretor-Geral de Organização e Recursos Humanos da Segurança Social (1979-1985), Diretor-Geral das Instalações e Equipamentos da Saúde (1986-1990) e foi Presidente do Conselho de Administração do SUCH entre 1990 e 2002.

Foi professor na Escola Nacional de Saúde Pública pela primeira vez em 1976, onde mais tarde dirigiu o curso de Administração Hospitalar.

Foi autor e coautor de diversos diplomas legais na área da Saúde.

Participou por diversas vezes nos corpos sociais da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), tendo sido destiguindo como Sócio de Mérito.

Conheça melhor o percurso de José Nogueira da Rocha aqui.

 

 

Faleceu o Administrador Hospitalar Santos Cardoso

O Administrador Hospitalar Santos Cardoso foi um insigne devoto da causa pública e, particularmente, do Serviço Nacional de Saúde.

Nos idos anos 60, a sua competência e desempenho foram reconhecidas e valorizadas por figuras como Coriolano Ferreira, Augusto Mantas, Vasco Reis e António Correia de Campos, tendo sucedido a este último na coordenação do Centro Mecanográfico do Serviço de Utilização Comum dos Hospitais.

Tendo concluído o Curso de Especialização em Administração Hospitalar na Escola Nacional de Saúde Pública, foi Administrador do Hospital Distrital de Portalegre entre 1974 e 1975, tendo inaugurado as atuais instalações desta unidade. Entre 1976 e 1990 foi administrador do Hospital Pediátrico de Coimbra, estando a sua carreira intimamente ligada à gestão dos cuidados de saúde pediátricos – sua paixão. Em novembro de 1979 integrou a comissão instaladora do Centro de Desenvolvimento da Criança no então Hospital Pediátrico de Celas e, em 1983 integrou a primeira direção da Associação de Saúde Infantil de Coimbra (ASIC).

Esta dedicação à gestão em saúde apenas foi interrompida pelo exercício de funções enquanto Vereador da Câmara Municipal de Coimbra durante 7 anos. Foi ainda membro da Assembleia Municipal deste municipio.

Membro do Partido Comunista Português sempre foi um homem de causas e convicções. Com Eduardo Sá Ferreira, Raúl Moreno, João Urbano, Julio Reis, José Carlos Lopes Martins e Jorge Varanda, integrou em 1981 a primeira Direção da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH). Em 1983 funda a Revista Gestão Hospitalar que dirige até 1986. Entre 1984 e 1987 preside à Direção da sua Associação.

Desde o início do ano, a APAH encontra-se a preparar uma edição comemorativa dos 35 anos da Revista Gestão Hospitalar. Desde a primeira hora, Santos Cardoso generosamente disponibilizou-se para escrever o editorial. Nada mais justo que dedicar esta próxima edição especial à sua memória.

Homem de aparente semblante fechado, era de um natural bom trato. Ia completar 85 anos no próximo dia 4 de Setembro. Ontem reunida em Assembleia Geral, a APAH atribuiu-lhe o titulo de Sócio de Mérito.

João José dos Santos Cardoso faleceu hoje em Coimbra.

A APAH e os Administradores Hospitalares estão de luto. No seio desta associação, e em todos aqueles que com ele privaram, deixa um enorme sentimento de perda.

Os nosso mais sentidos pêsames para toda sua família, pela perda deste seu ente querido.

O seu corpo ficará em câmara ardente a partir das 11:00 horas de amanhã (dia 30 de maio) no espaço funerário da Igreja de Senhora de Lurdes em Coimbra. Pelas 15:00 horas seguirá para Figueira da Foz onde será cremado.

António Correia de Campos no Ciclo das Conferências do Chiado

O 2º Ciclo das Conferências do Chiado, organizado pelo Centro Nacional de Cultura (CNC) e pelo Movimento para a Cidadania Sénior (Cidsenior), conta com a participação do Prof. António Correia de Campos.

Governo e Administração – parentesco relutante, afinidade forçada

António Correia de Campos.proferirá a Conferência «Governo e Administração – parentesco relutante, afinidade forçada», a realizar no Salão Nobre do Teatro da Trindade, no próximo dia 10 de Maio, quinta-feira, pelas 18 horas.

A apresentação do Conferencista e a moderação do Debate, que se seguirá à intervenção do Professor António Correia de Campos, estará a cargo do Dr. Jorge Sampaio.

10 Maio, 2018 18:00 - 20:00

«Governo e Administração – parentesco relutante, afinidade forçada»

Salão Nobre do Teatro da Trindade
R. Nova da Trindade 9, 1200-301 Lisboa

No 2º Ciclo das Conferências do Chiado, o Centro Nacional de Cultura (CNC) e o Movimento para a Cidadania Sénior (Cidsenior) organizam a Conferência «Governo e Administração – parentesco relutante, afinidade forçada» por Prof. António Correia de Campos, a realizar no Salão Nobre do Teatro da Trindade, no próximo dia 10 de Maio, quinta-feira, pelas 18 horas.

A apresentação do Conferencista e a moderação do Debate, que se seguirá à intervenção do Professor António Correia de Campos, estará a cargo do Dr. Jorge Sampaio.

 

Ciclo de conferências do Chiado


...

More

O Ciclo de conferências do Chiado

Ciclo de conferências organizadas pelo CIDSENIOR — Movimento para a Cidadania Sénior, em analogia com as célebres Conferências do Casino Lisbonense de há mais de 140 anos. Convidando nomes destacados da atividade política e social no nosso país pretende contribuir para um debate irrenunciável visando produzir efeitos positivos na escolha de soluções e estratégias para o processo de desenvolvimento económico e social do nosso país.

APAH e ENSP relançam Prémio Coriolano Ferreira

O Prémio Coriolano Ferreira foi pela primeira vez instituído em 1996 através da parceria realizada entre a APAH e os Laboratório Sandoz, distinguindo anualmente o melhor aluno do Curso de Especialização em Administração Hospitalar (CEAH) da ENSP. Na sua primeira edição, o prémo teve a particularidade de se traduzir numa viagem de estudo ao estrangeiro, facultando ao galardoado, o contacto com outros sistemas de saúde, instituições e profissionais. 

Após alguns anos de interregno, a Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) e Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa (ENSP), relançam o Prémio Coriolano Ferreira com o objetivo homenagear o Professor Coriolano Ferreira e dinamizar a investigação e o ensino em administração hospitalar. 

Assim, o Prémio Coriolano Ferreira é formalmente relançado no mesmo dia que se celebram os 50 anos da publicação do  Decreto-lei n.º 48.357 e do Decreto-lei n.º 48.358, ambos de 27 de Abril, que criaram e regulamentaram a carreira de administração hospitalar, tratando-se inclusive dos mesmos diplomas que criam as carreiras médicas e farmacêutica. Estes diplomas desenvolvidos por Coriolano Ferreira vieram em 1969 (Portaria n.º 24.222, de 4 de Agosto) dar origem à criação, na Escola Nacional de Saúde Pública e de Medicina Tropical, ao curso de Administração Hospitalar, cuja primeira edição teve inicio em Outubro de 1970.

 

Mais informações sobre o Prémio Coriolano Ferreira aqui

Cerimónia de relançamento

27 Abril, 2018 14:00 - 15:30

Prémio Coriolano Ferreira

Escola Nacional de Saúde Pública
Av. Padre Cruz, 1600-560 Lisboa
Prémio Coriolano Ferreira

O Prémio Coriolano Ferreira é uma iniciativa conjunta da APAH e da ENSP.

More

 

Mais informações sobre Coriolano Ferreira aqui

 

ENSP organiza seminário sobre Arquitetura Hospitalar

A Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP) organiza seminário sobre Arquitetura Hospitalar no próximo dia 2 de maio, pelas 14h30. Este seminário é integrado na disciplina opcional de Tecnologias e Equipamentos Hospitalares coordenada por Teresa Magalhães, versando sobre os seguintes temáticas:
  • Gestão de Aprovisionamentos
  • Sistemas e Tecnologias de Informação em saúde
  • Tecnologiasda saúde
  • Ergonomia Hospitalar
  • Logística, Resíduos hospitalares e reprocessamento dispositivos médicos
  • Seminário Arquitetura Hospitalar

 

Seminário Arquitetura Hospitalar

O Seminário de Arquitetura hospitalar pretende ser um espaço de divulgação e de discussão do que foi, do que é e do que será o futuro da construção dos hospitais enquadrado naquilo que é a estratégia de evolução da prestação de cuidados. Para isso temos a visão do privado, neste caso a Mello saúde com a Engenharia na construção do novo hospital CUF de Alcântara, a visão do público com o SUCH e a visão da arquitetura com o IST que nos trás a evolução histórica.

Como comentadores temos o Prof. Florentino Serranheira como especialista de ergonomia hospitalar e como tudo isto se encaixa no planeamento de arquitetura de um hospital e a Prof. Ana Escoval com uma perspetiva do desafio que é gerir um centro hospitalar com múltiplos edifícios e a visão do futuro no novo hospital.

Mais Informações sobre o Seminário Arquitetura Hospitalar

2 Maio, 2018 14:30 - 18:00

Seminário | Arquitetura Hospitalar

Escola Nacional de Saúde Pública
Av. Padre Cruz, 1600-560 Lisboa



O Seminário de Arquitetura hospitalar pretende ser um espaço de divulgação e de discussão do que foi, do que é e do que será o futuro da construção dos hospitais enquadrado naquilo que é a estratégia de evolução da prestação de cuidados. Para isso temos a visão do privado, neste caso a Mello saúde com a Engenharia na construção do novo hospital CUF de Alcântara, a visão do público com o SUCH e a visão da arquitetura com o IST que nos trás a evolução histórica.

Como comentadores temos o Prof. Florentino Serranheira como especialista de ergonomia hospitalar e como tudo isto se encaixa no planeamento de ...

More