• +351 21 800 89 48
  • secretariado@apah.pt
In noticia

“Sabendo o que sei hoje, escolhia de novo ser administrador hospitalar”

O Dr. Eduardo Sá Ferreira faleceu hoje no seu Hospital: O Hospital de São João.

Porque tudo o que possa dizer sobre Eduardo Sá Ferreira é pouco, transcrevemos a nota introdutória à sua entrevista publicada em 2019 no Livro “50 anos em 20 olhares – um percurso da Administração Hospitalar em Portugal”.

“Nascido em Esmoriz, é fundador e sócio nº. 1 da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares, tendo sido o primeiro presidente da sua direcção até 1984.
Licenciou-se em Economia ao mesmo tempo que trabalhava no Banco Português do Atlântico para poder pagar os estudos. Cedo percebeu não ser essa a carreira que queria seguir. Não gosta de bajular, sublinha.
Conta-nos, na sua acolhedora casa inundada de luz, em Vila Nova de Gaia, que foi nos serviços da Zona Hospitalar do Norte que começou a apaixonar-se pela área da saúde. O curso em Rennes consagrou essa paixão e foi lá que decidiu querer ser administrador hospitalar. Hoje, faria tudo igual.
Diz que a sua geração de administradores é uma espécie de Parque Jurássico da Administração Hospitalar porque naquele tempo não dispunham dos instrumentos de gestão que hoje são um dado adquirido.
Salienta ainda que a Administração Hospitalar tem de se adaptar rapidamente à evolução tecnológica e considera urgente combater o declínio do Serviço Nacional de Saúde.
E, não menos importante, afirma que quando os administradores hospitalares são convidados a ocupar um lugar, não devem aceitar se for só para exercer funções de “tesoureiro encartado”. As suas competências vão mais longe.
Foi administrador do Hospital de São João do Porto e ocupou muitas outras posições ligadas à saúde, com São Tomé e Príncipe e o Funchal a fazerem parte do seu percurso. Sobre São Tomé e Príncipe, sublinha que foi das experiências mais enriquecedoras da sua carreira.
Dotado de um grande sentido de humor, traz o Sporting no coração e considera o Professor Coriolano Ferreira um dos seus grandes mestres.
A 7 de abril de 2018 foi galardoado com a Medalha de Ouro de Serviços Distintos do Ministério da Saúde.”


Muito Obrigado Eduardo Sá Ferreira.

O Dr. Eduardo Sá Ferreira está a partir das 17h30m de hoje na capela do Hospital de S. João para velório. Durante a tarde de amanhã, segunda-feira, seguirá para o Cemitério de Esmoriz.

https://www.yumpu.com/pt/document/view/59854925/gestao-hospitalar-n45-2009

Tags Clouds