• +351 21 800 89 48
  • secretariado@apah.pt
Conferência"Por um Financiamento Adequado" In noticia

APAH participa na Conferência “Por um Financiamento Adequado”

No âmbito da edição de 2017 do Ciclo de Conferências “Investir, Inovar, Avançar”, a APIFARMA realizou a 23 de Novembro,  no Pequeno Auditório do Centro Cultural de Belém a 3ª Conferência “Por um Financiamento Adequado”.

No decurso da Conferência foram  discutidos os critérios na decisão do financiamento, a sua equidade e proporcionalidade, bem como a utilização balanceada de mecanismos de partilha de risco. Conheça o programa da Conferência aqui.

Conferência “Por um Financiamento Adequado”

A Conferência presidida por  Miguel Guimarães, Bastonário da Ordem dos Médicos, teve início com uma sessão Debate moderada por André Macedo, Jornalista, que contou com a participação de António Correia de Campos e Tim Wilson. O Presidente do Conselho Economico e Social abordou a temática relativa ao financiamento do Sistema de Saúde e das tecnologias de saúde. Tim Wilsdon, Vice-Presidente da CRA – Charles River Associates, apresentou o estado da arte dos Modelos de financiamento alternativos das tecnologias de saúde.

A 2.ª parte da Conferência continuou com uma mesa redonda representativa dos diversos atores do sistema de saúde. Nesta mesa analisaram-se os diferentes pontos de vista na definição dos critérios na decisão do financiamento para maximização dos ganhos em saúde. Foi ainda analisada a medida em que a utilização balanceada de mecanismos de partilha do risco  contribuem para a equidade e proporcionalidade no financiamento.

Posição da APAH

A APAH foi representada na Conferência pelo seu Vice-Presidente, Victor Herdeiro que na ocasião destacou  os modelos de financiamento como veículo para a melhoria da eficiência. Este deu nota que Portugal é pioneiro na implementação da capitação no financiamento das Unidades Locais de Saúde. No seu entender este modelo de financiamento promove uma integração  dos cuidados e é um passo possível para a adoção do financiamento alocado à obtenção de resultados em saúde efetivos para os utentes (Value Based Healthcare).

Em relação à implementação dos acordos de partilha de risco, Victor Herdeiro frisou a importância dos mesmos como forma de garantir a introdução e acesso à inovação terapêutica salientando contudo que a questão da sua confidencialidade é por vezes olhada com desconfiança e pode ser penalizadora para a promoção da concorrência.

Salientou igualmente a necessidade de se definirem de forma clara os endpoints (KPIs) dos acordos de partilha de risco a qual deve ser suportada operacionalmente por sistemas de informação que permitam monitorizar de forma adequada e atempada os resultados obtidos.

Também os desafios associados à implementação e otimização dos modelos de partilha de risco  estiveram em discussão na edição deste ano do Fórum do Medicamento que decorreu no passado dia 17 de novembro em Lisboa

Fórum do Medicamento promove debate sobre acordos de partilha de risco

Programa Avançado de Gestão do Medicamento (PAGeM)

Considerando a prioridade em promover a melhoria da gestão do medicamento, a Academia APAH promove com a Ordem dos Farmacêuticos, e em parceria com Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa o 1.º Programa Avançado de Gestão do Medicamento (PAGeM).

Conheça em pormenor este Programa de Formação aqui