• +351 21 800 89 48
  • secretariado@apah.pt
Adaptt In noticia

ADAPTT COVID-19 | OMS adopta ferramenta portuguesa

A Organização Mundial de Saúde (OMS) apresentou hoje formalmente a ferramenta ADAPTT Surge Planning Support Tool – como instrumento global para o planeamento de necessidades para a resposta à COVID-19. Esta ferramenta foi desenvolvida pela Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) e pela GLINTT – Global Intelligent Technologies, em colaboração com a OMS, tendo as entidades portuguesas acordado em libertar a ferramenta em open source.

Desde a semana passada, esta ferramenta está a ser utilizada em testes por vários países das diferentes regiões da OMS, estando traduzida em cinco línguas no momento: Inglês, Russo, Espanhol, Português e Árabe.

A ADAPTT Surge Planning Support Tool

A ADAPTT é uma ferramenta gráfica destinada a ser utilizada por especialistas seniores em planeamento de cuidados de saúde e decisores políticos. Permite que, os diferentes Estados-Membros da OMS se concentrem nas informações de planeamento de recursos, como:

  • o número de camas necessários – total, moderado, grave (oxigenoterapia) e crítico (incluindo ventilação mecânica, terapia de substituição da função renal e e oxigenação por membrana extracorpórea );
  • as datas de escassez prevista de cada tipologia de camas; e
  • os recursos humanos detalhados necessários, particularmente diferentes especialidades e competências de médicos, enfermeiros e técnicos auxiliares de saúde.

A ferramenta é flexível, permitindo que os utilizadores dos vários países insiram os seus dados epidemiológicos, variem os cenários de mitigação (ao usar o modelo epidemiológico ilustrativo da ferramenta) e adaptem a ferramenta a diferentes taxas de ataque.

Adaptt – Surge Planning Support Tool

A ADAPTT possibilita a introdução das práticas e atividades hospitalares, capacidade de diferentes tipologias de camas e de recursos humanos (usando os códigos ISCO da OIT). Através da ferramenta é ainda possível determinar os incrementos de necessidade de recursos humanos devido à probabilidade de infeção dos profissionais de saúde.

A ferramenta foi disponibilizada ao Ministério da Saúde Português a 30 de março, estando a APAH e a Glintt disponíveis para apoio técnico na utilização da ferramenta.

As entidades continuam a desenvolver esforços para a evolução desta ferramenta, nomeadamente para o apoio na previsão de quantidades de produtos (e.g. EPI, reagentes) e recursos humanos necessários na comunidade.

Strengthening the health system response to COVID-19

A OMS Europa oferece orientação aos Estados Membros sobre o fortalecimento dos sistemas de saúde e a reorganização rápida da prestação de serviços para responder à COVID-19, mantendo os principais serviços essenciais em todo o continuum de cuidados, para que ninguém fique para trás. Essa visão geral dos recursos de políticas inclui recomendações gerais de políticas para uma resposta bem alinhada do sistema de saúde, orientações técnicas e listas de verificação e ferramentas de planeamento e monitorização.

Conheça os instrumentos disponibilizados pela OMS Europa aqui.

A Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH) é a organização com maior representatividade dos profissionais com funções de administração e gestão na área da saúde em Portugal. Desde 1981, dedica-se a apoiar os administradores hospitalares no desenvolvimento de elevados padrões de exercício profissional, nos múltiplos contextos organizacionais onde desempenham funções, tendo em vista contribuir para a melhoria do seu desempenho, garantindo a qualidade e excelência dos resultados em saúde em Portugal.

A Glintt – Global Intelligent Technologies – é uma multinacional de tecnologia e consultoria, cotada na Euronext. O volume de negócios em 2019 foi de 92,3 Milhões Euros e conta com mais de 1100 colaboradores, que operam a partir de 10 escritórios em 6 países: Portugal, Espanha, Angola, Brasil, Reino Unido e Irlanda. Com mais de 20 anos de experiência, é uma empresa líder em consultoria e serviços tecnológicos na Saúde. Em resultado do compromisso com a excelência e significativo investimento em I&D, em iniciativas autónomas, com universidades líderes e em consórcios internacionais, detém um notável portfolio de propriedade intelectual, sendo reconhecida como parte do Sistema Científico e Tecnológico Português e certificada por várias entidades nacionais e estrangeiras.

Tags Clouds