• +351 21 800 89 48
  • secretariado@apah.pt
Barómetro de Internamentos Sociais In noticia

655 camas do SNS são ocupadas por internamentos sociais

À data da recolha de dados do Barómetro de Internamentos Sociais (BIS), a 2 de outubro, 655 camas, o equivalente a 5% do total das camas disponíveis, em 79% dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde, eram ocupadas com internamentos por causas sociais, predominantemente justificados pela falta de resposta na rede de cuidados continuados. O BIS é uma iniciativa da Associação Portuguesa de Administradores Hospitalares (APAH), com o suporte da EY e apoio institucional do Ministério da Saúde.

Mais de metade destes casos localizam-se na região de Lisboa e Vale do Tejo (52%) e, nesta região, a média de tempo dos internamentos inapropriados encontra-se na ordem dos 92 dias. Para a generalidade dos hospitais auscultados, a média de dias de internamento inapropriado está nos 67,2, o que corresponde a uma despesa de 16,5 Milhões de euros. A extrapolação deste valor para um ano dos internamentos inapropriados por motivos sociais evidencia um impacto estimado superior a 68 milhões de euros para o Estado.

O BIS revela ainda que os episódios de internamentos sociais são, maioritariamente, de origem médica (75%), seguindo-se os cirúrgicos (23%) e outros não classificados (2%). O género feminino está tenuemente em maioria, com uma percentagem de 52% (face aos 48% do género masculino). Quando às idades, 28% correspondem a pessoas entre os 18 e os 65 anos, 34% referem-se ao intervalo entre os 65 e os 80 anos e 37% dizem respeito a internamentos de utentes com mais de 80 anos, apenas 1% respeita a pessoas com idade inferior a 18 anos.

Apesar da relevância do problema, até ao momento não existiam dados quantitativos nacionais sobre o fenómeno de internamentos sociais que permitissem atuar sobre o problema. O objetivo da APAH, com o suporte da EY, é a monitorização periódica deste fenómeno, de forma a dar relevo à problemática e a fomentar o desenvolvimento de ações conjuntas para minimizar o seu impacto.

A apresentação dos resultados finais está a realizar-se hoje, dia 21 de outubro, em Évora, no âmbito da 3ª Conferência de Valor da APAH.
Pode consultar a apresentação aqui