Qualidade e segurança doente em ambiente hospitalar

Qualidade e segurança doente em ambiente hospitalar

Informação do Curso

Este seminário revê as bases que enquadram as questões da qualidade em saúde e da segurança do doente, discutindo depois um conjunto de temas centrais na atual prestação de cuidados.

Local:

Escola Nacional de Saúde Pública

A quem se dirige:

Administradores hospitalares, gestores e profissionais de saúde e outros com interesse na matéria.

Preço:

Sócios APAH: 400€
Mais de 3 inscrições por empresa: 400€ cada inscrição
Valor Acresce IVA à taxa legal em vigor.

Metodologia:

    • Sessões expositivas e interativas, com a participação dos alunos, nomeadamente na análise de casos.

Objetivos:

    • Discutir o estado atual, em termos de qualidade, dos cuidados de saúde prestados e alguns fatores explicativos do mesmo;
    • Estar familiarizados com alguns dos principais nomes e metodologias da área;
    • Estar familiarizados com processos de acreditação; medidas de estrutura, processos e resultados; guidelines e sua implementação; avaliação de resultados e a importância do ajustamento pelo risco;
        • Discutir a relação entre modelos de pagamento e qualidade, nomeadamente o P4P;

 

    • Perceber o papel da satisfação dos utentes e analisar de forma crítica inquéritos;
    • Identificar a importância dos aspetos da segurança do doente e da gestão do risco como componente integrante da qualidade da prestação de cuidados de saúde;
    • Reconhecer a importância da análise das causas e do impacte que estão subjacentes ou que decorrem da ocorrência de eventos adversos;
    • Interpretar as questões da segurança do doente numa lógica sistémica e integrada;
    • Discutir desafios e fatores de sucesso da mudança.

Programa:

 

    • Qualidade em saúde: ponto de situação e causas;
    • História e metodologias da qualidade em saúde;
    • Avaliações de estrutura, medidas de processo e avaliações de resultados;
    • Sistemas de pagamento e qualidade em Saúde;
    • A satisfação dos utentes;
    • Gerir a mudança.

 

    • Relação entre a Segurança do Doente e Qualidade em Saúde;
    • Frequência de eventos adversos e principais aspetos da sua prevenção e impacte;
    • O Contexto da Segurança do Doente: indivíduos/equipas e o ambiente;
    • Determinantes do erro/falhas: condições ativas e condições latentes;
Paulo Boto
Professor Auxiliar no Departamento de Políticas e Gestão de Sistemas de Saúde da ENSP-NOVA.
Licenciado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa. Mestre em Health Services Management pela London School of Hygiene & Tropical Medicine. Especialista em Administração Hospitalar pela Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa. Doutorado em Health Policy and Management pela Johns Hopkins School of Public Health. Professor Auxiliar no Departamento de Políticas e Gestão de Sistemas de Saúde da ENSP-NOVA. Responsável pedagógico por unidades curriculares na área da qualidade em saúde aos Cursos de Mestrado em Gestão da Saúde e de Especialização em Administração Hospitalar, desde o ano letivo 2006-07. Coordenador do Curso de Mestrado em Gestão da Saúde desde 2016.
Paulo Sousa
Doutor em Saúde Pública, especialidade em Politica, Gestão e Administração pela ENSP-NOVA
Professor Auxiliar do grupo de disciplinas de Estratégias de Acção em Saúde. Coordenador do Mestrado em Saúde Pública. Coordenador do Curso Internacional em Qualidade em Saúde e Segurança do Doente. Responsável pela unidade curricular de Segurança do Doente e Gestão do Risco. Tem participado, a convite da OMS, em várias reuniões de peritos na área da Qualidade em Saúde e Segurança do Doente. Membro da Comissão Executiva do Desafio Gulbenkian Stop Infeção Hospitalar.